Topo
News Informatica
Barbershop1
IrisPharma1

Twitter amplia regras para combater discurso de ódio com base em raça, etnia ou nacionalidade

Essa é a terceira atualização das diretrizes sobre propagação de ódio. Rede social vai apagar conteúdos inapropriados quando forem denunciados. [...]

Por Redação em 03/12/2020 às 06:35:03

Essa é a terceira atualização das diretrizes sobre propagação de ódio. Rede social vai apagar conteúdos inapropriados quando forem denunciados. Ícone do aplicativo do Twitter em um smartphone.

Thomas White/Reuters

O Twitter anunciou nesta quarta-feira (2) novas regras para o conteúdo publicado em sua plataforma, ampliando o que é considerado conduta de ódio.

A partir de agora serão removidos conteúdos com linguagem que desumanize as pessoas com base em sua raça, etnia ou nacionalidade quando forem denunciados.

Publicações que contenham mensagens como "[etnia] são sanguessugas e só servem pra uma coisa" ou "todos os [nacionalidade] são ratos que vivem às custas de benefícios sociais e precisam ser expulsos" serão apagados.

Exemplos de discurso de ódio com base em raça, etnia ou nacionalidade que serão removidos

Reprodução/Twitter

Essa é a terceira atualização das políticas contra propagação de ódio no Twitter.

Em julho de 2019, a rede social proibiu publicações que poderiam desumanizar as pessoas com base em religião ou casta. E, em março de 2020, incluiu regras sobre idade, deficiência ou doenças.

O Twitter afirmou que a expansão das regras foi feita em parceria com um conselho interno e organizações especializadas em todo o mundo, além de levar em consideração os comentários do público.

A moderação de conteúdos nas redes sociais é frequente alvo de críticas de especialistas e usuários.

Há questionamentos sobre a agilidade das remoções, sobre a consistência da aplicação de regras e, em outros casos, sobre possíveis restrições à liberdade de expressão.

O concorrente Facebook, por exemplo, montou um conselho de supervisão para anular as decisões da empresa envolvendo remoção de certos conteúdos em suas plataformas.

O Twitter disse que encoraja as pessoas a se expressarem livremente, mas que "abuso, assédio e conduta de ódio não têm lugar" em sua plataforma.

A maior parte de remoção de conteúdo nas plataformas on-line acontece por meio de inteligências artificiais, que usam parâmetros pré-definidos para indicar um comportamento abusivo.

VÍDEOS de tecnologia:

Fonte: G1

Comunicar erro
News Informatica 2
Barbershop 720 x 90
IrisPharma2

Comentários

IrisPharma
News Informatica 3
tv indoor
Barbershop3