Topo
News Informatica
Barbershop1
IrisPharma1

Bolsas da China fecham em queda

Por Redação em 03/12/2020 às 08:36:36

Mercado de ações foi pressionadas por novas tensões entre Pequim e Washington após aprovação de projeto nos EUA que ameaça deslistar as empresas chinesas das bolsas de valores norte-americanas. As ações da China fecharam em queda nesta quinta-feira (3), pressionadas por novas tensões entre Pequim e Washington depois que a Câmara dos Deputados dos Estados Unidos aprovou um projeto de lei que ameaça deslistar as empresas chinesas das bolsas de valores norte-americanas.

Tanto democratas quanto os companheiros republicanos de Donald Trump ecoaram a linha dura do presidente contra Pequim, que se tornou mais áspera neste ano depois que Trump culpou a China pelo coronavírus, que está assolando os Estados Unidos.

As relações sino-americanos têm sido um fator importante de influência sobre o sentimento do mercado desde o início da guerra comercial em 2018.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,2%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,21%.

Crescimento de serviços acelera em novembro

O crescimento do setor de serviços da China acelerou em novembro uma vez que os novos trabalhos aumentaram no ritmo mais forte em mais de uma década, mostrou nesta quinta-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do Caixin/Markit, indicando recuperação da demanda após o país conter o surto de coronavírus.

O PMI de serviços do Caixin/Markit subiu a 57,8, segunda leitura mais alta desde abril de 2010, ante 56,8 em outubro. A marca de 50 separa crescimento de contração.

Os novos negócios totais atingiram em novembro o nível mais alto desde abril de 2010, com os novos trabalhos para exportação expandindo pela primeira vez em cinco meses, mostrou a pesquisa.

As empresas de serviços contrataram mais funcionários pelo quarto mês seguido em novembro e a um ritmo mais forte, enquanto a confiança empresarial aumentou para o patamar mais elevado em mais de nove anos e meio.

Veja as cotações de fechamento das bolsas da Ásia:

Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,03%, a 26.809 pontos.

Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,74%, a 26.728 pontos.

Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,21%, a 3.442 pontos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,20%, a 5.057 pontos.

Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,76%, a 2.696 pontos.

Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,09%, a 13.977 pontos.

Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,41%, a 2.822 pontos.

Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,38%, a 6.615 pontos.

Vídeos: veja as últimas notícias de economia

Fonte: G1

Comunicar erro
News Informatica 2
Barbershop 720 x 90
IrisPharma2

Comentários

IrisPharma
News Informatica 3
tv indoor
Barbershop3