Alencar
TV INDOOR
Iris Pharma
Barber Shop

País atinge recorde de 21 capitais e DF com mais de 90% de UTIs lotadas

Por Deyvid Wilker em 07/04/2021 às 17:42:12

 

Belo Horizonte, Campo Grande, Rio Branco e Porto Velho têm lota√ß√£o m√°xima nos leitos de terapia intensiva.

Apenas duas capitais brasileiras encontram-se com taxa menor de 80% de uso, caso de Manaus (77%) e Boa Vista (48%).

Mesmo com a habilita√ß√£o de mais 170 UTIs e com uma semana de feriados antecipados para diminuir a circula√ß√£o de pessoas pelo estado, Mato Grosso do Sul n√£o conseguiu reverter a superlota√ß√£o de hospitais, que seguem com 106% de ocupa√ß√£o –ou seja, parte dos infectados n√£o consegue leito.

A situação alarmante fez com que o Hospital Universitário destinasse praticamente todos os seus leitos aos pacientes com Covid-19. Em poucos dias, todas as 27 UTIs da instituição foram ocupadas. Já o Hospital Regional do estado teve que contratar emergencialmente 50 profissionais temporários para atender a demanda crescente de atendimento.

J√° a capital do Acre continua com todos os seus leitos ocupados e registrava nove pacientes à espera de transferências para os hospitais de referência nesta segunda. As duas unidades voltadas para o Covid est√£o com suas 80 UTIs (somadas) cheias, e uma delas chegou a ter 130% de ocupa√ß√£o nos leitos clínicos na última semana.

No Rio de Janeiro, a ocupa√ß√£o de UTIs sofreu uma pequena varia√ß√£o na última semana: foi de 95% para 93% na capital e de 92% para 90% no estado, com a abertura de dezenas de leitos. A fila, porém, continuava grande nesta segunda, com 682 pacientes fluminenses em estado grave aguardando por vagas.

Em Minas Gerais, apesar da ampliação de leitos, a taxa era de 92,9%, nesta segunda-feira (5). O estado tinha 1.407 pessoas esperando por leitos -526 delas, vagas em UTIs.

O dado foi divulgado nas redes sociais do governador Romeu Zema (Novo), que afirmou ainda que a amplia√ß√£o de leitos n√£o est√° acompanhando a velocidade de transmiss√£o do vírus no estado e que as unidades de saúde nunca estiveram t√£o cheias em todas as regi√Ķes.

No caso da capital mineira, o ministro Kassio Nunes Marques, do STF (Supremo Tribunal Federal), intimou o prefeito Alexandre Kalil (PSD) a cumprir a decis√£o de liberar cultos, missas e outras celebra√ß√Ķes religiosas, apesar das medidas que vinham sendo adotadas contra a Covid-19. Na segunda-feira, BH chegou a 100,9% de ocupa√ß√£o nas UTIs públicas reservadas a casos do novo coronavírus.

Em Porto Velho, uma das capitais com o quadro crítico mais permanente nesta pandemia, os hospitais est√£o com lota√ß√£o esgotada desde fevereiro. Pacientes continuam sendo transferidos para outras cidades.

Em Boa Vista, que concentra todos os 90 leitos de UTI de Roraima, a taxa de ocupa√ß√£o segue caindo, assim como o número de novos casos e de óbitos. Na última segunda (5), a ocupa√ß√£o era de 48% para os leitos públicos de UTI. Entre os leitos clínicos a taxa de ocupa√ß√£o era de 52%.

Para o epidemiologista e pesquisador da Fiocruz Amazônia Jesem Orellana, a queda brusca na taxa de ocupa√ß√£o dos leitos de UTI em Roraima pode ser explicada pelo baixo número de leitos disponíveis na rede pública (90 em todo o estado), o que favorece essa oscila√ß√£o.

“Apesar de n√£o terem feito lockdown, eles conseguem ter níveis de contamina√ß√£o menores, até pelo tamanho da popula√ß√£o e a densidade demogr√°fica, que é menos favor√°vel ao coronavírus do que em Manaus, por exemplo”, explicou.

A taxa de ocupa√ß√£o de leitos UTI no estado de S√£o Paulo ainda supera 90%, mas j√° é possível observar a desacelera√ß√£o nos últimos dias. Nesta segunda (5), a ocupa√ß√£o na terapia intensiva chegou a 90,6% -1,4 ponto percentual menor que a registrada em 29 de mar√ßo. No período foram abertos 270 leitos UTI Covid-19.

Na ocasi√£o, 29.510 pacientes estavam internados, sendo 12.963 em UTIs e 16.547 em enfermarias. Em ambos houve queda.

De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde de S√£o Paulo, o patamar em UTIs esteve acima de 13 mil pacientes entre os dias 1¬ļ e 4 de abril.

Entre os dias 23 de mar√ßo e 3 de abril, os dados apontavam mais de 18 mil pessoas em leitos clínicos, número que come√ßou a cair neste domingo (4). A capital paulista conta atualmente com 1.393 leitos de UTI e 1.266 de enfermaria para Covid-19.

Em Palmas (TO), havia um único leito de UTI livre na segunda-feira (5) e duas pessoas aguardavam na fila. Com 98% de ocupa√ß√£o, a situa√ß√£o é mais grave na capital do que no estado, que tem 91% dos leitos intensivos ocupados.

Apesar da lota√ß√£o das UTIs, a prefeitura decidiu relaxar as medidas restritivas na cidade, argumentando que houve redu√ß√£o de novos casos da doen√ßa. O comércio voltou a funcionar todos os dias, das 6h às 22h, e os restaurantes podem receber clientes presencialmente em dias da semana, das 11h às 15h.

No Centro-Oeste, a ocupação de UTIs segue apresentando alta, apesar de os estados implantarem mais leitos exclusivos para atendimento aos pacientes diagnosticados com Covid-19.

Na capital, Goi√Ęnia, porém, h√° um cen√°rio de queda. De 99% na ocupa√ß√£o, o índice caiu para 90%. Agora, h√° 311 leitos na cidade, 11 a mais que na última semana. Segundo a prefeitura, a fila para vagas em UTIs foi zerada.

Em Cuiab√°, o índice se manteve em 97%, mesmo com o surgimento de 20 novos leitos. Das 54 pessoas esperando vagas em UTIs na última semana, o total caiu para 17.

O Distrito Federal enfrenta um dos piores momentos da pandemia contra o novo coronavírus. H√° 390 pessoas à espera de um leito de UTI. A taxa de ocupa√ß√£o desse tipo de leito é de 97,79%.

Ao todo, h√° 430 leitos disponíveis pelo governo do Distrito Federal, sendo que somente 9 est√£o vagos. Houve a cria√ß√£o de um leito desde a última semana.

A rede pública de saúde de Pernambuco permanece em colapso. Mesmo com a abertura de 30 novos leitos de UTI para pacientes com sintomas da Covid-19 na última semana, a taxa de ocupa√ß√£o das vagas n√£o sofreu altera√ß√£o. O índice é de 97% no estado e na capital.

Nesta ter√ßa-feira (6), havia 101 pacientes esperando para acessar uma vaga de UTI. A média de espera é de 12 horas.

No Sul, o cen√°rio continua crítico na regi√£o metropolitana de Curitiba. Mesmo assim, a partir de domingo (4), o governo estadual flexibilizou as regras de circula√ß√£o em 11 cidades da divisa com a capital. Agora, todo o estado segue o mesmo decreto, que autoriza o funcionamento de comércio e servi√ßos com restri√ß√Ķes e mantém o toque de recolher entre 20h e 5h.

Após 24 dias de lockdown, Curitiba retornou nesta segunda-feira (5) à bandeira laranja, de restri√ß√Ķes médias sobre comércio e servi√ßos.

Segundo a prefeitura, houve queda no número de novas mortes e casos di√°rios no período, além da redu√ß√£o do número de pessoas que est√£o na fase ativa da doen√ßa. A taxa de ocupa√ß√£o de UTIs também caiu, mas segue alta, em 97%.

Ao todo, ainda h√° 128 aguardando na fila por leitos na capital e na regi√£o metropolitana.

J√° em Santa Catarina, o percentual de UTIs ocupadas teve uma leve queda, de 98% para 96%, após a abertura de 38 leitos. Mesmo assim, h√° 201 pessoas aguardando por vagas.

Em um mês, o índice de casos ativos no estado caiu pela metade, mas a taxa de mortes continua em alta. H√° uma semana, foram registrados 210 óbitos em um único boletim do governo estadual, o maior número desde o início da pandemia.

O Rio Grande do Sul conseguiu diminuir a taxa de ocupa√ß√£o de UTIs de 95% para 90% em uma semana, mas ainda registrava 86 pacientes aguardando por leitos nesta ter√ßa-feira. Em Porto Alegre, a demanda também diminuiu, da lota√ß√£o m√°xima para 94%, com sete pacientes na fila.

No Piauí, apesar de o número de leitos ter passado o total da época do pico da chamada primeira onda da pandemia, em agosto de 2020, a taxa de ocupa√ß√£o de UTIs Covid atingiu 96,7%, nesta segunda. Outros 129 pacientes aguardavam por vagas em leitos críticos.

No Rio Grande do Norte, o governo de F√°tima Bezerra (PT) ampliou em 55% o número de leitos reservados à Covid-19, entre 17 de fevereiro e 30 de mar√ßo. A taxa de ocupa√ß√£o de UTIs públicas direcionadas para atender a demanda da pandemia era de 96,4% na segunda -descontando do total leitos bloqueados.

Apesar dos números altos, a fila por leitos de UTI no estado teve queda diante dos números da semana passada, chegando a 44 pessoas à espera por vagas nesta segunda, quase metade do dia 29 de mar√ßo. A redu√ß√£o observada, segundo a secret√°ria-adjunta da Saúde Pública, Maura Sobreira, é reflexo das medidas restritivas adotadas.

No Espírito Santo, com 94,4% de taxa de ocupa√ß√£o nas UTIs públicas, o governador Renato Casagrande (PSB) anunciou a abertura de novos leitos, nesta segunda. “Vamos abrir 500 leitos exclusivos para Covid-19. Só que uma parte das pessoas internadas em um leito acaba perdendo a vida. Ent√£o n√£o adianta só abrir leitos. O que precisamos é interromper a transmiss√£o do vírus”, afirmou.

Fonte: Banda B

Comunicar erro
Alencar
TV INDOOR
Iris Pharma
Barber Shop

Coment√°rios

Alencar
TV INDOOR
Iris Pharma
Barber Shop