TV INDOOR
Barber Shop

Sem reajuste generalizado, Bolsonaro quer aumento para categorias onde tem 'interesses localizados' de olho em 2022

Por Cidade em Foco.net em 19/11/2021 às 09:54:57

Segundo o blog apurou, o presidente j√° havia sido alertado pelo ministro Paulo Guedes, quando da elabora√ß√£o da PEC dos Precatórios, de que n√£o haveria espa√ßo no or√ßamento para reajustes. O presidente Jair Bolsonaro em cerimônia no Pal√°cio do Planalto em 11 de novembro

Ueslei Marcelino/Reuters

Com a rea√ß√£o negativa do Congresso, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) j√° busca, junto ao Ministério da Economia, um espa√ßo no or√ßamento para dar aumento para "uma ou duas categorias" que, para governistas, ser√£o importantes bases de apoio do presidente na elei√ß√£o de 2022.

Nas palavras de um ministro do governo, o presidente vai mirar categorias onde ele tem "interesses localizados", como algumas polícias.

Segundo o blog apurou, o presidente Bolsonaro j√° havia sido alertado pelo ministro Paulo Guedes, quando da elabora√ß√£o da PEC dos Precatórios, de que n√£o haveria espa√ßo no or√ßamento para reajustes. Guedes chegou a dizer ao presidente que havia acabado espa√ßo para tudo, n√£o havia espa√ßo para mais nada e, ao eleger prioridades, o governo abriu espa√ßo — com a manobra na PEC dos Precatórios — para o projeto do Auxílio Brasil.

Arthur Lira (PP-AL) diz n√£o ver espa√ßo para reajuste a servidores mesmo com aprova√ß√£o da PEC dos Precatórios

Aumentos generalizados para servidores públicos, disse Guedes a Bolsonaro, estavam descartados.

Nesta semana, após a fala do presidente sinalizando que poder√° conceder aumento a "todos os servidores" se a PEC dos Precatórios passar no Congresso, Guedes disse ao presidente que eles j√° falaram sobre isso.

Agora, estudam alternativas para conceder reajustes a algumas categorias.

O presidente busca acenar a suas bases de apoio em busca de votos para sua reeleição em 2022. Segundo fontes ouvidas pelo blog, ele quer agradar, principalmente, a categoria de policiais.

Veja coment√°rios de Andréia Sadi:

Fonte: G1

Comunicar erro
TV INDOOR
Barber Shop
TV INDOOR
Barber Shop