TV INDOOR
Barber Shop

Dólar opera em queda após 4 altas seguidas

Por Cidade em Foco.net em 19/11/2021 às 09:55:12

Na quinta-feira (18), moeda norte-americana fechou em alta pelo 4º dia seguido, a R$ 5,5690. Notas de dólar

Gary Cameron/Reuters

O dólar opera em leve queda nesta sexta-feira (19), em meio a temores internacionais sobre a inflação e novos lockdowns pela Covid-19, e com investidores monitorando internamente o imbróglio fiscal no Brasil em meio à tramitação da PEC dos Precatórios no Congresso.

Às 9h44, a moeda norte-americana recuava 0,36%, cotada a R$ 5,5490. Veja mais cotações.

Na quinta-feira, o dólar registrou a quarta alta consecutiva e fechou em alta de 0,80%, a R$ 5,5690, acumulando avanço de 2,04% na parcial da semana. No mês, ainda acumula queda de 1,39%. No ano, tem valorização de 7,36% contra o real.

o

Lira diz não ver espaço para reajuste a servidores mesmo com aprovação da PEC dos Precatórios

Cenário

O mercado de câmbio tem sido influenciado nos últimos dias pelas crescentes apostas de aperto monetário mais cedo do que o esperado nos Estados Unidos pela incertezas sobre os rumos da política fiscal em 2022, ano de uma eleição que novamente pode se mostrar polarizada, o que no entendimento de agentes financeiros dá abertura a discursos considerados populistas.

Na cena doméstica, as atenções seguem voltadas para a tramitação da PEC dos Precatórios no Senado e para as manobras do governo do presidente Jair Bolsonaro para aumentar o gasto público em 2022.

A PEC dos Precatórios é a principal aposta do governo para viabilizar um Auxílio Brasil no valor de R$ 400. A proposta adia o pagamento de precatórios (dívidas do governo já reconhecidas pela Justiça) e altera o cálculo do teto de gastos (regra pela qual, de um ano para outro, as despesas do governo não podem crescer mais que a variação da inflação). O governo afirma que, se aprovada, a PEC abrirá espaço de R$ 91,6 bilhões no orçamento de 2022.

Segundo analistas, o mercado segue estressado com os ruídos políticos, com o presidente falando em reajuste a servidores, enquanto a PEC encontra empecilhos no Senado.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), disse nesta quinta-feira não ver espaço para reajuste a servidores mesmo com aprovação da PEC dos Precatórios.

Tal panorama tem como pano de fundo a contínua piora nas projeções econômicas, com o Ministério da Economia cortando previsão para o PIB e elevando estimativa para o IPCA.

Por que o dólar sobe? Assista no vídeo abaixo:

Entenda a alta do dólar

Fonte: G1

Comunicar erro
TV INDOOR
Barber Shop
TV INDOOR
Barber Shop