TV INDOOR
Barber Shop

CDC africano diz que lockdown severo não é mais ferramenta pra conter Covid-19

Por Cidade em Foco.net em 06/01/2022 às 11:05:09

A África do Sul passou por um aumento brusco de infecções de Covid-19 a partir do final de novembro, mas os novos casos caíram desde então. África do Sul suspende toque de recolher

A principal autoridade sanitária da África afirmou nesta quinta-feira que os regimes severos de lockdown não são mais a melhor maneira de conter a Covid-19, elogiando a África do Sul por adotar a abordagem ao responder à última onda de infecções impulsionada pela variante ômicron do coronavírus.

"Estamos encorajados com o que vimos na África do Sul durante esse período, quando olharam para esses dados em termos de gravidade (de infecções)", disse John Nkengasong, diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) da África, em entrevista coletiva.

LEIA TAMBÉM

Após descobrir ômicron, África do Sul reduz restrições com queda de casos de Covid

África do Sul afirma que superou onda de ômicron sem aumento significativo de mortes

"O período no qual utilizávamos lockdowns severos como ferramenta acabou. Na verdade deveríamos estar olhando para como utilizamos medidas sanitárias e sociais mais cuidadosamente e de forma mais equilibrada enquanto intensificamos a vacinação."

A África do Sul passou por um aumento brusco de infecções de Covid-19 a partir do final de novembro, perto da época que alertou o mundo em relação à ômicron, com novas infecções chegando ao pico em meados de dezembro batendo o recorde do país na pandemia.

Mas os novos casos caíram desde então, e o governo não recorreu às rígidas restrições de lockdown como fez durante as ondas anteriores de infecção, por conta dos primeiros sinais, que já indicavam que a maior parte das infecções pela Ômicron eram mais leves. O país chegou até a aliviar restrições antes do dia de Ano Novo.

A África do Sul está enfrentando um surto de infecções à medida que a nova variante se espalha

Reuters

Nkengasong acrescentou que teme que a Covid-19 possa se tornar endêmica no continente por conta do ritmo lento da vacinação --uma perspectiva considerada praticamente certa por alguns cientistas.

Veja os vídeos mais assistidos do g1

Fonte: G1

Comunicar erro
TV INDOOR
Barber Shop
TV INDOOR
Barber Shop