TV INDOOR
Barber Shop

Oneide Bastos exalta a cultura do Amapá em álbum com a voz de Ná Ozzetti e música de Luli & Lucina

Por Cidade em Foco.net em 12/05/2022 às 23:40:30

? Música apresentada em 1975 na voz de Ney Matogrosso, no primeiro álbum solo do cantor, Pedra de rio (Luhli, Lucina e Paulo César Soares) emerge no canto de Oneide Bastos em gravação que abre o terceiro álbum solo da cantora amapaense, Oneide.

Nascida em 8 de fevereiro de 1946 na Ilha dos Porcos na região do Afuá (PA), no Pará, mas criada em Macapá (AP), a artista de 76 anos exalta a cultura do Amapá em disco gravado com produção musical e arranjos de Dante Ozzetti e programado para ser lançado em 20 de maio.

Em cena desde 1977, a cantora e compositora dá voz no álbum Oneide às músicas Jurupari (Oneide Bastos), Taemã (Enrico Di Miceli e Antônio Messias), Voou (Paulinho Bastos e Osmar Junior), Alto mar (Dante Ozzetti e Luiz Tatit), Congá (Paulinho Bastos), Batuqueiros (Paulinho Bastos), Suprema (Joãozinho Gomes e Lula Barbosa), Puçangueira (Joãozinho Gomes e Eudes Fraga) e Sereia do rio-mar (Joãozinho Gomes, Eudes Fraga e Paulo Oliveira), além de Pedra de rio. Em Batuqueiros, Oneide Bastos faz dueto com Ná Ozzetti.

Sucessor dos álbuns Mururé (1993) e Quando bate o tambor (2013) na discografia solo da artista, que integrou grupos como Seono e Trio da Terra, o álbum Oneide tem os toques dos músicos Dante Ozzetti (violão, guitarra elétrica), Fi Maróstica (baixo), Guilherme Held (guitarra), Guilherme Kastrup e Nena Silva (percussão), Hian Moreira (bateria), Luiz Amato, César Miranda, Soraya Landim, Andreas Uhlemann, Amanda Martins, Caio Santos, Alex Braga e Guilherme Peres (violinos), Emerson De Biaggi, Elisa Monteiro e Fábio Tagliaferri (violas), Adriana Holtz e Jin Joo Doh (violoncelos) e Marco Delestre (contrabaixo).

Capa do álbum 'Oneide', de Oneide Bastos

Divulgação

Fonte: G1

Comunicar erro
TV INDOOR
Barber Shop
TV INDOOR
Barber Shop