Topo
News Informatica
Alencar
Barbershop1
IrisPharma1

Pastor Milton Ribeiro no MEC: a vitória da bancada evangélica

Por Redação em 10/07/2020 às 18:54:14

Milton Ribeiro, novo ministro da Educação

Divulgação/Igreja Presbiteriana Jardim de Oração

A decis√£o do presidente Jair Bolsonaro de anunciar o pastor Milton Ribeiro como novo ministro da Educa√ß√£o significa uma vitória expressiva da bancada evangélica, que pressionava pela vaga.

A nomeação foi rapidamente publicada no "Diário Oficial", na tarde desta sexta-feira (10), depois de dois convites fracassados:

Carlos Alberto Decotelli, que ficou apenas cinco dias nomeado e sequer tomou posse diante dos questionamentos sobre o currículo;

Renato Feder, que, fritado publicamente, comunicou pelas redes sociais que recusara o convite.

Milton Ribeiro é integrante da Comiss√£o de Ética Pública da Presidência, nomeado por Bolsonaro em maio do ano passado.

Pastor Milton Ribeiro é o novo ministro da Educa√ß√£o

Tarefas à frente do MEC

Uma das primeiras tarefas do ministro ser√° decidir sobre o parecer da C√Ęmara de Ensino B√°sico do Conselho Nacional de Educa√ß√£o sobre a volta às aulas nas escolas públicas e privadas do ensino b√°sico.

Pelo parecer, deve ser respeitada a autonomia dos estados e das próprias escolas privadas, mas a recomenda√ß√£o do conselho, que habitualmente é seguida pelos estados, é a de que neste ano de pandemia, em que as aulas foram suspensas em todos os estados, as escolas n√£o reprovem os alunos.

Ao contr√°rio, tentem fazer programas de recupera√ß√£o de conteúdo. E, também, que haja "flexibiliza√ß√£o curricular": o conteúdo que n√£o for transmitido aos alunos este ano possa ser feito mais adiante, invadindo o ano de 2021.

Dias letivos

A obrigatoriedade de cumprir 200 dias de aula por ano foi suspensa por conta da pandemia, mas as 800 horas de conteúdo foram mantidas, contando com a possibilidade de ensino à dist√Ęncia.

Mas h√° o reconhecimento de que nem todos os estados e escolas poder√£o cumprir. Por isso, o conselho recomenda que n√£o haja reprova√ß√£o, mas recupera√ß√£o de conteúdo. Nem todos no Ministério da Educa√ß√£o concordam com a proposta.

Carlos Nadalim, por exemplo, secret√°rio de Alfabetiza√ß√£o do Ministério, é defensor da reprova√ß√£o dos alunos. Ele é da chamada "ala olavista" que apoia o governo. Estas adapta√ß√Ķes do currículo est√£o sendo feitas em locais como Inglaterra e Nova York.

Bolsonaro nomeia 12 novos representantes para o Conselho Nacional de Educação

Conselho de Educação

Antes de nomear o novo ministro da Educação, oBolsonaro indicou novos integrantes para o Conselho de Educação, indicados pelo ex-ministro Abraham Weintraub.

S√£o nomes mais ligados à ala ideológica - uma espécie de compensa√ß√£o pela perda do comando do Ministério. Assim, a C√Ęmara de Ensino B√°sico, por exemplo, ser√° em sua maioria renovada, agora com maioria de integrantes ligada ao governo Bolsonaro.

Fonte: G1

News Informatica 2
Barbershop 720 x 90
Alencar Moveis 2
IrisPharma2

Coment√°rios

IrisPharma
News Informatica 3
tv indoor
Barbershop3
Alencar Moveis 3